Como Ser Piloto de Formula 1 nas Ruas? - Dirigindo na chuva - auto-bild.ro

COMO SER UM PILOTO DE FORMULA 1 NAS RUAS E AVENIDAS? - TÉCNICAS DE DIREÇÃO

Para ser um piloto de Fórmula 1 bem-sucedido, não basta correr em uma grande equipe ou se alimentar bem se não souber usar as técnicas básicas de pilotagem.

Há técnicas básicas as quais o piloto aprende e aperfeiçoa no decorrer do tempo. As técnicas são:

- Posição das mãos e dos pés;

- Ponto de frenagem;

- Pontos de aceleração e reaceleração;

- Técnicas de ultrapassagem e etc.

De forma similar, o condutor precisa desenvolver técnicas básicas para dirigir seu veículo de forma segura.

Este artigo analisará algumas técnicas que os pilotos usam durante os Grandes Prêmios e como os condutores poderão fazer algo similar ao dirigir seu automóvel. 

Posição correta das mãos ao segurar o volante num carro de Formula 1 e de passeio

Posição das mãos no volante.

O formato atual do volante dos carros de Formula 1 é feito para segurá-lo exatamente na posição correta. No entanto, nem sempre foi assim. Até meados da década de 90, os volantes eram redondos assim como os volantes usados em carros de passeio. De qualquer forma, para o piloto executar suas manobras com sucesso, é necessário segurá-lo na posição correta: Em retas, as mãos devem segurar firmes os lados opostos do volante.

De forma similar, o condutor precisa segurar com firmeza, com as duas mãos, os lados opostos do volante. Assim será mais fácil iniciar a manobra para uma curva, ultrapassagem ou reagir caso haja uma emergência.

Assim como um piloto, o condutor deve segurar os lados opostos do volante

Posição dos pés

Para ganhar centésimos de segundos, os pilotos costumam deixar seus pés o mais próximo dos pedais possível. Se fizer isso, as reações de aceleração e frenagem serão mais rápidas.

O condutor está constantemente sujeito ao imprevisto. Portanto, deve deixar seus calcanhares apoiados do assoalho o mais próximo possível dos pedais. Isto não significa apoiar os pés em cima do equipamento. Além de prejudicá-los, isso poderá causar desconforto e poderá colocar em risco sua saúde física, enquanto dirige. Isso requer um ajuste correto de seu banco.

Frenagens

Um piloto vai à pista sabendo a velocidade máxima que ele pode fazer cada curva com "segurança". Do mesmo modo, seria sábio o condutor respeitar a velocidade que as placas indicam antes de uma curva - by Foto Rodovia Mogi-Bertioga SP cacobianchi - flickr.com

O desenvolvimento da tecnologia na Fórmula 1 está tão avançada que os freios dos carros permitem ao piloto diminuir a velocidade em cerca de 200 km/h em poucos segundos. Assim, ele poderá iniciar a frenagem até 50 metros antes da curva. De qualquer forma, para executá-la da melhor maneira possível, ele deverá frear antes de contornar a curva.

O que acontecerá, caso ele freie “dentro” da curva? Simples: seu carro passará reto por ela até “soltar” os freios. As rodas dianteiras, mesmo levemente travadas, é o suficiente para tirar a tração necessária para contornar a curva.

De forma similar, o condutor precisa reduzir a velocidade de seu carro antes de “entrar” na curva. Pois se entrar nela rápido demais e deixar para frear “em cima da hora”, provavelmente as rodas perderão tração e ele poderá causar um acidente grave.

Assim, o ideal é entrar na curva com a velocidade reduzida e re-acelerar gradualmente durante o contorno pela curva. Em algumas rodovias, especialmente em curvas acentuadas, há sinalizações e contagem regressiva para o início dela. Não seria melhor, a partir desta contagem, reduzir a velocidade em vez de esperar o último momento para frear? Caso não haja este tipo de sinalização, você poderá se basear na placa que indica o sentido e a dimensão da curva.

Entrada de uma curva na rodovia Mogi-Bertioga - by Caco Bianchi

Um piloto de Formula 1, antes de entrar na pista, sabe exatamente a velocidade máxima que poderá entrar em determinada curva. Similarmente, muitas rodovias indicam a velocidade segura para passar por determinada curva.

Assim, se o condutor reduzir a velocidade para realizar a curva, com alguns metros de antecedência e fazê-la numa velocidade segura, ele economizará pneus, gasolina, freios, será mais suave para os passageiros, além de ser o método mais seguro para todos.

Um piloto vai à pista sabendo a velocidade máxima que ele pode fazer cada curva com "segurança". Do mesmo modo, seria sábio o condutor respeitar a velocidade que as placas indicam antes de uma curva.

Comparação entre uma entrada segura em curva tanto na Formula 1 como numa rodovia - by Carro de F1 - F1 Challenge Loguin e rodovia by Nali Grilo

Ultrapassagens

O momento mais emocionante durante uma corrida de Formula 1 é a ultrapassagem. Para realizá-la de maneira eficaz há técnicas básicas. Uma delas é durante a reta. Na mesma linha, o carro detrás se aproxima o máximo possível do carro da frente. Ao fazer isso, o carro detrás enfrentará menos turbulência aerodinâmica. Isso dará a velocidade extra, necessária para o piloto realizar a ultrapassagem.

No entanto, para o condutor, a ultrapassagem pode ser o momento mais perigoso duma viagem. Ultrapassagens forçadas têm sido uma das principais causas de mortes no trânsito. Segundo o inspetor Aristides Junior, “as ultrapassagens são o momento mais crítico da viagem. E a maior parte dos acidentes, consequentemente os mais graves, acontecem durante as ultrapassagens, são as colisões frontais que geralmente causam muitos óbitos".

Colisão frontal - Formula 1 - by crogeriomachado.blogspot.comPara realizar uma ultrapassagem segura, a maioria dos condutores sabem que existem faixas indicando os lugares ideais para isso.

Contudo, é comum observar que, assim como um piloto, eles se aproximam o máximo possível do carro da frente antes de iniciar a ultrapassagem. É verdade que isso economiza um pouco de combustível, já que o carro está no vácuo, ou seja, pouco atrito com o ar. Mas isto funciona apenas em corridas, pois os carros são do mesmo tamanho e não há outro vindo em direção contrária.

Se espera realizar uma ultrapassagem, especialmente se for um veículo maior, apenas quando estiver na “cola” dele, isto lhe tirará toda a visão do que acontece à sua frente e é extremamente perigoso. Portanto, a ultrapassagem deve iniciar quando você estiver há alguns metros do veículo da frente, numa distância que dê visão do que há adiante.

Para voltar ao traçado ideal, após realizar uma ultrapassagem, o piloto precisa ficar atento aos seus retrovisores para os carros não se tocarem ao término da ultrapassagem.

A situação de uma ultrapassagem para um condutor é parecida. Caso a ultrapassagem seja feita no sentido contrário da rodovia, o condutor precisa voltar o mais rápido possível para sua pista. Para você saber qual é o momento certo, basta ficar de olho no retrovisor interno do automóvel. Caso a ponta esquerda do veículo ultrapassado apareça na ponta direita do seu retrovisor, você poderá retornar para a sua faixa numa distância segura. Esta técnica poderá ser aplicada em vias de várias faixas.

Se a ponta esquerda do carro ultrapassado estiver aparecendo na ponta direita do retrovisor interno, poderá voltar com segurança à sua faixa

Se a ponta esquerda do carro ultrapassado estiver aparecendo na ponta direita do retrovisor interno, poderá voltar com segurança à sua faixa

Antes de realizar uma ultrapassagem, o piloto precisa olhar pelo seu retrovisor para ver se outro carro iniciou ultrapassagem. Se fizer isso evitará acidentes.

Estas técnicas simples são muito importantes para realizar esta manobra tão perigosa.

Portanto, faça ultrapassagens apenas quando necessário. Não ultrapasse sem precisar. Até mesmo um piloto de F1, deixaria de ultrapassar caso isso não seja necessário ou se as circunstâncias não permitirem. Lembre-se que vidas inocentes estão em jogo.

Continuar>>


Gostou da matéria? Ajude o site. Compartilhe já nas redes sociais abaixo :) :

Outros artigos desta série:

Como ser pilotos de Formula 1 em ruas e avenidas?

- Por usar o cinto de segurança...

- Direção e Alimentação...

- Técnicas de direção na chuva...

- Técnicas de direção defensiva