Danilo Santos As Crônicas de um Piloto

Crônicas de Danilo Formula 1

As Crônicas de um Piloto

Capítulo 4 - Nasce Uma Nova Rixa

DUAS semanas se passam e os pilotos se preparam para o primeiro GP na Europa. Pois até agora os GP´s foram na Ásia, Oceania e América do Sul. Muitas equipes sempre fazem suas estréias e inovações a partir deste Grande Prêmio.

O próximo será o GP de Imola, conhecido por curvas de alta velocidade, com poucos locais de ultrapassagem e onde dois pilotos bateram fatalmente há dez anos atrás. O alemão Ratzenberger no sábado e o brasileiro Ayrton Senna.

Toda a equipe da Formula 1 presta uma homenagem em memória a esses dois pilotos, foi faz dez anos que o acidente aconteceu.

Formula 1 - As Crônicas de Um Piloto - Danilo Santos - ImolaJá faz quase 4 meses que Danilo deixou seu país, sua família e Pérdula, sua amiga que tanto ele ama.

Saito no GP Brasil, no pódio, enquanto Danilo recebia cumprimentos de todos pela vitória, Saito olhava para Danilo de modo indiferente. Nos treinos livres ele acusava Danilo de atrapalhá-lo e ainda sempre quando se cruzavam nos bastidores, fora da pista, o japonês encarava seu colega.

Mais uma vez na corrida a disputa é incrível entre Saito, Schumacher, Haikkonen e Danilo.

Essa corrida lembrava as velhas corridas onde Senna, Prost, Schumacher e Hill, transformam as corridas em belos espetáculos inesquecíveis.

Os espectadores vibravam muito, principalmente os italianos! Mais uma vez o velho senhor Tyrrell acompanhava atentamente a corrida na arquibancada e disse em seu coração:

Formula 1 - As Crônicas de Um Piloto - Danilo Santos Santos win

- Ah! Esses meninos me lembram os velhos tempos!! Mesmo com as rígidas normas de segurança, suas atuações me lembra o Senna o Prost o Mansell...que corridas!! Mas a morte de Rólando (Ratzembeger) e do Airton em 1994 aqui, pois tudo a perder. É impossível esquecer aquele dia! A Federação Internacional (FIA) mudou todas as regras que deram mais segurança aos garotos. Mas depois disso, não sei se os pilotos que perderam a vontade de correr ou foi as novas normas ou então é que acabaram mesmo os grandes talentos. De lá para cá, as corridas ficaram muito sem graça! Mas esse ano, meu conceito mudou, principalmente aquele novato, o Danilo, ele é diferente de todos os outros...!

Enquanto isso, a corrida continuava. Imola é considerado o ‘quintal’ da Ferrari, onde Danilo novamente vence a corrida e Schumacher termina em segundo com Saito em terceiro e Couthard em quarto, Haikkonen em quinto, Massa em sexto, Montoya em sétimo e Heidfeld em oitavo.

Assim o campeonato fica dessa maneira:

1º Michel Schumacher 30 PTS

5.º Fernando Alonzu 14 Pts

2º Takuma Saito 27 PTS

6.º Pablo Montoia 11 Pts

3º Danilo Santos 23 PTS

7.º Ralfo Schumacher 10 Pts

4º Kini Haikkonen 20 PTS

8.º David Couthard 09 Pts

Depois da festa do Pódio, na coletiva de imprensa, onde os três pilotos que foram ao pódio, vão à uma sala e respondem as perguntas dos jornalistas, Danilo antes de responder as perguntas dos repórteres, diz o seguinte:

— Antes de mais nada, eu quero dizer que, não quero que pensem que sou fechado ou o ‘chatão’ da F1...! Com essas minhas duas vitórias, assim como que qualquer outro piloto, ele se torna o centro das atenções e as pessoas acabam de abitolando naquela pessoa. Eu não quero que comigo seja assim... Eu estou na Formula 1 não porque quero ser famoso ou ser rico. Não quero ser ídolo. Estou aqui porque eu faço o que gosto. A vitória é a apenas conseqüência de um bom trabalho meu e da equipe. A Formula 1 é um trabalho muito arriscado e sinceramente, um tanto sem sentido Eu quero ser um trabalhador normal com todos os outros. Porque, existem pessoas ao redor do mundo, que fazem coisas muito mais importante do que correr numa pista a mais de 300 km/h. Algumas dessas, salvam vidas e mal são reconhecidas. Será se um motorista de ônibus já ganhou algum troféu pelo seu esforço, por chegar a seu destino em segurança? Ou um taxista? Ou um motorista de ambulância? Onde eu moro a única coisa que mais ganham é uma bala no rosto ou na perna, enfim...!

Ele continua seu discurso:

— Um esportista tende a se tornar um ídolo. Mas nenhum de nós tem o direito de receber tal reverência. Uma vez, me ensinaram que apenas nosso Criador tem esse direito, cujo nome é Jeová!

Jonh Tyrrell ouve esta declaração de Danilo e conclui em sua mente:

— Esse jovem piloto é sem dúvida diferente de todos que já conheci

Um grande silêncio ecoa na sala de coletiva depois um aplauso quebra o silêncio. As pessoas gostaram das palavras de Danilo, porém alguém faz cara de que não gostou muito dessa história. Saito olha para Danilo de uma forma ameaçadora.

Depois disso a coletiva continua e os pilotos comentam sobre a pista e sobre o campeonato.

As semanas se passam. A próxima corrida é na Catalunha Espanha. Durante a corrida, Saito quando iria fazer uma ultrapassagem em Santos comete um erro e abandona a corrida, fazendo com que Danilo termine a corrida em décimo quinto lugar. A vitória ficou com Haikkonen, Couthard em segundo e Montoya em terceiro. Schumacher ficou em quarto lugar.

Em Mônaco a disputa entre os quatro é grande. Percebe-se que Saito não está se dando bem com Danilo dentro da pista. Numa ultrapassagem, Saito faz uma manobra desleal. Muitos ficaram indignados com sua atitude, foi até vaiado pela torcida. O pior de tudo que o diretor de prova não o puniu. Com essa ultrapassagem ele acabou até atrapalhando os outros pilotos e assim acabou vencendo.

Assim, Saito vence a corrida, Couthard termina em segundo, Haikkonen em terceiro, Schumacher em quarto e Danilo com muito esforço fica na oitava posição.

A classificação até em tão está assim:

1º Michel Schumacher 40 pts

5.º Danilo Santos 24 pts

2º Takuma Saito 37 pts

6.º Fernando Alonzu 22 pts

3º Kini Haikkonen 30 pts

7.º P Montoia 17 pts

4.º David Couthard 09 pts

8º J Fisichella 10 pts

Formula 1 - As Crônicas de Um Piloto - Danilo Santos

No GP de Nuburgrind, nos treinos, Saito, dá uma fechadas violentas em Danilo. Dessa vez ele tomou uma punição e largará em último colocado no Domingo.

Essa corrida, não trouxe muitas emoções. Danilo larga na segunda posição. Seu companheiro larga na Pole Position. Mas Danilo consegue superar Michel, assim também faz Haikkonen e Montoya, logo no início.

Porém, Danilo estaria para abrir um volta em Saito, quando ele dá uma fechada totalmente anti-esportiva. Mas Danilo estava preparado se isso fosse acontecer. Ele consegue desviar de Saito e o japonês vai direto para o muro. Ele perde alguns segundos, mas consegue vencer a corrida e é claro, Saito abandona o GP.

A corrida terminou com Danilo vencedor, segundo Haikkonen, terceiro Montoya e Schumacher que não teve um bom fim de semana na quarta posição. Saito foi desclassificado e sai muito irritado com seu carro. Saito, cria um séria rivalidade contra Danilo, pior ainda isso também está acontecendo fora da pista. O que será que está acontecendo com Saito?

(Continua no próximo episódio...)

Enquetes

Você está gostando, ou gostou da história "As Crônicas de um Piloto?"
Muito
Gostei sim
Gostei um pouco
Não gostei


Que Nota você daria para esta página?

8-10 5-7 4-6 0-3

Resultado

Gostou da histórinha? Compartilhe agora com os amigos: