Equipe Ferrari F1 - f1fanatic.co.uk

País sede da Formula 1

Ferrari F1

Scuderia Ferrari

Primeira Temporada 1951
Presidente Maurizio Arrivabene
Diretor Técnico James Allison
Pilotos Sebastian Vettel / Kimi Raikkonen
Site Oficial www.ferrari.com


A história da Ferrari F1

A empresa conhecida como Ferrari, foi fundada em 1929, por um apaixonado pelo automobilismo, chamado Enzo Ferrari.

Desde a primeira temporada oficial de Formula 1, em 1950, a Ferrari já estava presente. Assim, ela é a equipe mais antiga da F1.

Sua primeira vitória foi no GP da Inglaterra em 1951. Em 1952 Alberto Ascari foi o primeiro piloto da equipe a conquistar um título mundial.

A Restruturação da Ferrari F1

Mesmo com um bom desempenho nos Anos 50 e 60, o começo dos Anos 70, foi tão ruim que havia a ameaça iminente de fechar as portas. Em 1973, a Fiat entrou como Parceira da Ferrari, acompanhado de um jovem, Luca di Montezemolo, escalado como diretor esportivo. Mesmo com todas as mudanças na diretoria, Enzo Ferrari, continuou sendo o Presidente.

Os bons resultados começaram a aparecer em 1975, quando Nick Lauda conquistou seu primeiro campeonato. Nick Lauda conquistou também os títulos em 1976 e 1977. Em 1979 conquistou mais um título de campeão com Jody Scheckter.

O Período “Sombrio” da Ferrari

Desde 1979, Ferrari não conseguia projetar um carro que tornasse possível um piloto ser campeão. Por isso, em 1982, a equipe construiu o melhor carro da temporada e poderia ter facilmente dominado o campeonato, se não fossem duas fatalidades.

Na Sessão de Classificação para o GP da Bélgica Gilles Villeneuve bateu em um carro mais lento o que fez seu carro decolar. Ao cair ao chão, o carro de Gilles partiu ao meio e ele foi arremessado para fora do cockpit. Seu corpo foi lançado violentamente em direção ao muro de proteção. Ele morreu no circuito.

Três meses depois, seu companheiro, Didier Pironi, líder do campeonato, fraturou as pernas nos treinos para o GP da Alemanha e nunca mais voltou a correr, restando como único consolo o seu sétimo campeonato de construtores, título que se repetiria ainda no ano seguinte.

Depois disso, houve mais crises técnicas e alguns Anos sem vitórias. Para trazer novamente seus “Anos de ouro”, Ferrari contratou o projetista bem-sucedido, John Barnard. Este projetou os carros McLaren que trouxeram títulos à Alain Prost e Niki Lauda.

O novo projeto e a contratação de Gerhard Berger recolocou a equipe entre as vitoriosas em 1987.

Em 1989, a Ferrari criou o câmbio semiautomático e contratou Alain Prost no final da temporada, pensando em conquistar o título mundial em 1990.

Mas nem tudo saiu como previsto. Apesar da excelente dupla de pilotos, Alain Prost e Nigel Mansell, problemas de comando, perturbaram o ambiente no time italiano. Prost queria ser tratado como primeiro piloto. Mansell não aceitava Cesare Fiorio como diretor esportivo. Os pilotos passaram a se tratar mal e o inglês decidiu atrapalhar deliberadamente seu companheiro na largada do GP de Portugal, prensando-o contra o muro.

Alain Prost era a esperança de título da Ferrari. Esperanças frustradas que se encerraram em 1991, depois de uma passagem conturbada.

Outras crises técnicas se seguiram neste período, até que Luca di Montezemolo foi chamado de volta em 1992, desta vez assumindo a presidência da escuderia. Gehard Berger voltou à equipe e junto com ele, o jovem promissor Jean Alesi “fechou” a dupla de pilotos daquele ano.

Em 1993, A equipe passou por uma nova reestruturação. Foi neste ano que Jean Todt, foi contratado como diretor esportivo.

Em 1994, Gerhard Berger encerrou um período de três anos sem vitórias com um ótimo desempenho no GP da Alemanha, e desde então o crescimento da equipe tem sido constante.

A Era Schumacher – O Fim da Fase Sombria

Em 1996, o alemão Michael Schumacher e o projetista Rows Brawn, foram contratados para trazer de volta o título de pilotos. Com Schumacher no volante, a equipe teve um excelente progresso, porém apenas a partir de 1997, este pode disputar o título, mas sem sucesso. No ano seguinte brigou com a McLaren de Mika Hakkinen até a última corrida, mas saiu derrotado por falhas pessoais. Em 1999, fraturou a perna direita num acidente no GP da Inglaterra e ficou de fora da luta pelo título, tarefa que recaiu sobre o segundo piloto, Eddie Irvine. O irlandês pôde lutar com Hakkinen até a última corrida, mas também falhou. Assim como em 1982, o consolo foi o título de construtores.

Desgastado com a equipe, Irvine deixou a Ferrari em 2000 e foi substituído pelo brasileiro Rubens Barrichello, que passou a ser o novo “fantoche vermelho”. Schumacher finalmente trouxe um título de campeão, porém a ajuda de Barrichello, como escudeiro, foi fundamental.

De 2001 a 2004, Schumacher pilotando a Ferrari, dominou a Formula 1 conquistando sucessivos títulos mundiais. A equipe também conquistou dois vices, com Rubens em 2002 e 2004.

Em 2005 a equipe teve um dos piores desempenhos dos últimos Anos. Barrichello, cansado de ser tratado como segundo piloto, assim como Irvine, abandonou a equipe no fim da temporada, cedendo seu lugar à Felipe Massa, que estreou em 2006. Neste ano a equipe deu um carro à Schumacher suficientemente competitivo, mas erros infantis de Michael fez com que o título de pilotos escapasse por pouco. Novamente, a Ferrari se contentou apenas com o título de construtores.

A Nova Era da Ferrari

Schumacher se aposentou em 2006, após o último GP do ano, dando espaço para a contratação de Kimi Raikkonen, em 2007, que conquistou o título de pilotos. A equipe também conquistou o título de construtores com facilidade, visto que sua principal rival, McLaren, foi desclassificada por espionagem.

A Ferrari tinha tudo para ser campeã em 2008 com Felipe Massa, mas sucessíveis erros de estratégias e erros de mecânicos tirou o título do brasileiro. Mesmo assim, por pouco Massa não foi campeão no GP Brasil.

Em 2009, a Ferrari não conseguiu se adaptar com as novas regras estabelecidas a partir daquele ano. Mesmo que Kimi, tenha vencido uma corrida e um pódio de Felipe no GP Inglaterra, no geral a equipe foi mal. Para piorar Felipe Massa, sofreu um grave acidente no GP da Hungria. Mesmo se recuperando, não voltou a correr naquele ano. Para preencher a vaga, foi chamado Luca de Badoer, piloto de testes, que só envergonhou a equipe. Gean Carlo Fisichella foi tirado da Force India, para ocupar o lugar de Badoer, mas também fez muito feio! Schumacher também foi convidado para substituir Felipe, mas sua condição física o fez desistir.

Kimi Raikkonen foi trocado por Fernando Alonso, piloto que estreou na equipe em 2010. Massa retornou também ao seu posto. Os testes pré-temporada mostravam que a Ferrari, seria novamente a grande potência do ano, mas não foi isso que aconteceu. Contudo, na parte final desta temporada a equipe se recuperou e novamente colocou um de seus pilotos na disputa pelo título mundial.

Em 2012 a equipe novamente voltou a brigar pelo título. Mesmo com um carro muito ruim, Fernando Alonso, com a ajuda direta de Felipe Massa, pôde lutar pelo título até a última corrida. No entanto, Sebastian Vettel foi melhor e ficou com o título, junto com a RedBull.

Em 2013 os carros da Ferrari mostraram ser competitivos, mas no decorrer da temporada a equipe foi ficando para trás, sendo superada também pela Mercedes e Lotus. Fernando Alonso tem se esforçado muito para manter a equipe no topo.

As últimas vitórias da Ferrari na Formula 1 foram em 2015 com Sebastian Vettel. Em 2016, a equipe foi apenas a 3ª força dos construtores. Espera-se melhores resultados com as novas unidades de potência em 2017 e os novos regulamentos.

As Trambicagens Vermelhas de Ferrari

Entre muitas, as principais ocorreram em 2002 e 2010. Em 2002, a equipe se envolveu em um dos piores escândalos da história do automobilismo. No GP da Áustria, Barrichello estava na liderança e certamente teria vencido se não fosse uma ordem dada pela equipe, obrigando o piloto a ceder a vitória para Schumacher. De início Rubens recusou a obedecer, mas cedeu nos metros finais em forma de protesto.

Parecia que a Ferrari havia aprendido a lição, mas em 2010 a cena se repetiu e Felipe foi obrigado a ceder sua vitória ao Alonso.

A equipe apenas recebeu uma relativa pequena multa. Para piorar, mesmo com todas as provas explícitas de que houve uma ordem à Felipe, Ferrari tentou minimizar a situação e ainda tentou nos induzir a acreditar que não houve nenhuma ordem de equipe.

Assim, os fatos recentes, tem obscurecido as cores vermelhas da equipe mais bem-sucedida da Formula 1 de todos os tempos.

Em 2002 e 2010 a Ferrari usou o jogo de equipe de forma totalmente desnecessária. Além de prejudicar a reputação da equipe, manchou de maneira definitiva a nome dos pilotos envolvidos. Em 2012 para ajudar Alonso na disputa do título, a equipe tomou também algumas decisões controvérsias.

Equipe Ferrari de Formula 1 - Massa e Alonso em 2010 e Barrichello e Schumacher em 2002 - Foto Divulgação

Equipe Ferrari de Formula 1 de 1950 by www.redbubble.com

Equipe Ferrari de Formula 1 de 1951 by carinpicture.com

Equipe Ferrari de Formula 1 de 1955 by theformula1.wikia.com

Equipe Ferrari de Formula 1 de 1958 by theformula1.wikia.com

Equipe Ferrari de Formula 1 de 1964 by theformula1.wikia.com

Equipe Ferrari de Formula 1 de 1968 by f1-nation.blogspot.com.br

Equipe Ferrari de Formula 1 de 1972 by f1-facts.com

Equipe Ferrari de Formula 1 de 1975 by gettyimage

Equipe Ferrari de Formula 1 de 1979 by f1-nation.blogspot.com.br

Equipe Ferrari de Formula 1 de 1982 Gilles Villeneuve - by autoandrive.com

Equipe Ferrari de Formula 1 de 1983 by f1-nation.blogspot.com.br

Equipe Ferrari de Formula 1 de 1991 by omelhordaformula1.blogspot.com

Equipe Ferrari de Formula 1 de 1993 by pistonheads.com

Equipe Ferrari de Formula 1 de 1995 by formulaonestuff.com

Equipe Ferrari de Formula 1 de 1997 by allcarcentral.com

Equipe Ferrari de Formula 1 de 2000 by www.favcars.com

Equipe Ferrari de Formula 1 de 2004 by f1-nation.blogspot.com.br

Equipe Ferrari de Formula 1 de 2007 by f1-nation.blogspot

Equipe Ferrari de Formula 1 de 2008 by www.flickriver.com

Equipe Ferrari de Formula 1 de 2009 by f1-nation.blogspot

Equipe Ferrari de Formula 1 de 2012 by bleacherreport.com

Equipe Ferrari de Formula 1 de 2013 by telegraph.co.uk

Equipe Ferrari de Formula 1 de 2016 by Sky Sports

Estatísticas da Ferrari F1

Grandes Prêmios948 Quem mais venceuMichael Schumacher
Pole Positions213 Mais conquistou titulosMichael Schumacher
Melhores Voltas244 Quem mais chegou ao pódioMichael Schumacher
Vitórias228 Maior tempo de equipeMichael Schumacher
Titulos16 Anos na F168