Acidentes na Formula 1 - formula1epf.wordpress.com

Acidentes na Formula 1

Qualquer piloto de automobilismo, do mais novo ao mais experiente, esteve pelo menos envolvido em um acidente, durante sua carreira. Assim, os acidentes, especialmente os fatais, é como um "fantasma" que "assombra" a carreira de um piloto do começo ao fim.

Este quadro, não seria diferente na Formula 1. Como nunca antes, desde 1950, a performance dos carros aumentou incrivelmente. Méritos para isso é a nova tecnologia e o novo material, derivados da indústria da aeronautica, o que resultou em carros mais velozes, mais aderentes e freios mais eficientes.

Consequentemente, o número de acidentes aumentaram sem precedentes. No decorrer dos anos, houve uma melhora na resistência contra impacto, pois havia uma vulnerabilidade dos carros em caso de acidentes. Todavia, acidentes fatais, como do austríaco Roland Ratzenberger e de Ayrton Senna em 1994 e o sério acidente de Karl Wendliger, no mesmo ano, volta-se para cruel realidade: progresso malicioso no campo da segurança, pois, Formula 1 é um esporte extremamente perigoso.

Isso resultou em uma revolução nas regras. De fato, tubos mais resistentes, aumentam a segurança dos pilotos. A segurança tornou-se uma obsessão para a Associação de Pilotos e para a FIA.

Em anos recentes, passou-se a utilizar nos carros, fibra de carbono, que é um material mais resistente e mais leve que o aço, aumentando a performasse e a segurança. O cockpit, passou-se a ser uma "célula de sobrevivência", no qual é a única parte do carro que não se despedaça além de ter sido projetada para resistir impactos acima de 300 km/h.

Essa técnologia mostrou ser muito eficiente quando Robert Kubica sofreu um violento acidente durante o Gp do Canadá, 2007, onde sua BMW decolou da pista e se chocou diversas vezes nos muros de proteção. No dia seguinte ele estava pronto para uma nova corrida, pois ele saiu praticamente ileso do acidente.

Quantidade de acidentes fatais que aconteceram na Formula 1 desde 1950

Acidentes Durante os GP´s de Formula 1

Quando piloto perde o controle do carro, é de preferência colocar obstáculos laterais, para conter a violência do impacto.

Barreiras de pneus, por exemplo, faz com que a energia se absorva com mais eficiência, em caso de batidas traseiras.

No caso de batidas frontais foram feitas dobras para cima, acima da perna do piloto e através de seu assento. Durante o GP da França de 1987, Mauricio Gugelmin, teve pouco tempo para pensar, quando ele decolou e começou a rodar no ar. O piloto brasileiro felizmente escapou desse terrível acidente, ainda conseguindo voltar para corrida na re-largada.

Em 1990, nos treinos em Jerez, o piloto Martin Donelli, ao perder o controle do carro, a 270 km/h, bateu violentamente no muro de proteção fazendo com que seu carro se partisse ao meio.

Martin foi arremessado para fora do carro e ficou inerte no chão até o resgate o levar para ambulância. Conforme as imagens da transmissão, suas pernas estavam retorcidas, de tão brutal que foi a batida.

Tudo indicava que ele havia morrido. Sobreviveu, mas, nunca mais pode voltar à Formula 1.

Em 1995, na sessão classificatória, no GP Austrália, Mika Hakkinen, sofreu uma séria batida. Muitos acreditaram que ele havia morrido, mas felizmente ele se recuperou.

Em 1997, Olivier Panis e Jaques Villeneuve, sofreram acidentes mais sérios, no Canadá e outro na Bélgica.

Em 1998 no GP da Bélgica, de baixo de um aguaceiro, David Couthard, da McLaren, depois da primeira curva, perdeu o controle do carro, fazendo com que outros 19 pilotos batessem -- foi o acidente de maior proporção que houve na Formula 1, porém, sem sérias consequências. Isso porque, aconteceu na largada na hora que os carros estavam todos juntos.

Schumacher em 1999 no GP da Inglaterra, após ter passado reto numa curva, bateu contra a proteção de pneus fraturando a perna. Ficou meses fora das pistas.

Em 2009, ocorreu um dos acidentes mais graves desde Ayrton Senna, no GP da Húngria, quando a peça de um outro carro, atingiu o capacete de Felipe, durante a Classificação. Ele sobreviveu, mas não pôde mais disputar o mundial daquele ano.

Em 2010, houve acidentes espetaculares, mas sem vítimas. No entanto, entre estes, por pouco a cabeça do piloto não foi atigido por outro carro, como por exemplo em Abu Dhabi. Por pouco Schumacher não atingido diretamente na cabeça. por outro carro.

Citamos apenas alguns exemplos de acidentes mais graves e outros de grandes proporções, pois a lista é imensa.

Muitos dos pilotos envolvidos em acidentes, tiveram a felicidade de não ter sido fatal.

O Acidente de Jules Bianche

Embora o acidente do Kubica foi comparado aos acidentes fatais de 1994, o acidente mais grave que aconteceu nos últimos tempos, foi o do piloto, da França, Jules Biachi em 2014. O acidente aconteceu na parte final do Grande Prêmio do Japão, Suzuka.

No momento do acidente estava chovendo. Talvez por falha da direção, Bianche não percebeu que naquele ponto da pista havia bandeira amarela. Ao final da área de escape daquela curva, havia um trator retirando o carro de Adrian Sutil que aquaplanou na pista momentos antes,batendo na proteção de pneus. Por infelicidade de Bianche, seu carro também aquaplanou no mesmo lugar e seu carro foi direto em direção ao trator que havia no local. Seu carro parou debaixo do trator.

Bianche foi levado inconsciente ao hospital. Seu corpo sobreviveu ao acidente, mas o piloto sofreu lesões muito graves no cérebro. Após nove meses em estado vegetativo desde o acidente, o piloto não resistiu e veio a falecer.

Antes de Bianchi, A Formula 1 nunca mais havia registrado acidentes fatais com seus pilotos. A administradora da Formula 1, pôde criar regras que tornaram as corridas muito mais seguras do que em qualquer outra parte da história. Como diziamos há muito tempo, com todas as medidas para evitar e mesmo que parecesse difícil acontecer um acidente fatal, aconteceu, 20 anos depois de Senna.

Na sessão de Download de vídeos em nosso site, você poderá assistir vários clipes que expõe vários acidentes entre 1990 a 2000 na F1.

Acidentes com Fiscais

Embora nunca mais tenha ocorrido mortes entre os pilotos de Formula 1, ela continua fazendo vítimas dentro da categoria.

Desde 2000 pelo menos dois fiscais morreram após serem atingidos por pedaços de carro em decorrência de batidas.

O primeiro foi durante o GP da Itália em 2000 no qual, após vários carros se envolverem num grande acidente, um pneu que se soltou de um dos carros atingiu a cabeça do fiscal Paolo Ghislimberti.

Embora a FIA tenha aprimorado a segurança dos fiscais, isso não foi o suficiente para que detritos do acidente envolvendo os carros de Ralf Schumacher e Jaques Villeneuve, durante o GP da Austrália em 2001, atingisse o fiscal  Graham Beveridge que também morreu, após também ser atingindo por um pneu.

Por fim, em 2013, após o término da corrida, do GP do Canadá, uma equipe de três fiscais estava recolhendo o carro de Esteban Gutierrez com um guindaste, quando um deles deixou seu rádio comunicador cair no chão e por distração da equipe, o operador do guindaste não o viu agachado, resultando no atropelamento do fiscal. Ele não teve o nome divulgado. Veja a reconstituição do acidente aqui.

Ele foi socorrido, chegou ao hospital com vida, mas não resistiu aos ferimentos. Com este incidente, portanto, três fiscais morreram durante os eventos de Fórmula 1 nos últimos 13 anos!  

Gostou da matéria? Ajude o site. Compartilhe já nas redes sociais abaixo :) :

Acidente de Martin Donelli no GP da Espanha de Formula 1, em Jerez em 1990, by pakwheels.com

Acidente de 1993 Michael Andretti no GP Brasil F1, Interlagos

Acidente fatal de Ayrton Senna em 1994 no GP de Imola de Formula 1, by murderiseverywhere.blogspot.com

Acidente de Martin Brundle no GP Austrália F1, Melbourne em 1996 - mmslot.blogspot.com

Acidente de Olivier Panis, no GP do Canadá de Formula 1, Montreal, em 1997 by paddockinfo.blogspot.com

Acidente de Michael Schumacher em 1999, no Gp da Inglaterra de Formula 1, Silverstone by chemacchina.blogspot

Acidente de Alexander Wurz em 1998 no GP do Canadá de Formula 1, Montreal - dailymail.co.uk

O impressionante acidente de Robert Kubica durante o GP do Canadá de Formula 1, Montreal, em 2007 - by robbieraul.tumblr.com

Acidente de Felipe Massa no GP da Hungria, Budapest, Hungarioring, em 2009 - by foxsports.com.au

Acidente provocado por Romain Grosjean no GP da Bélgica de Formula 1, Spa Francorchamps, em 2012 - by dailymail

Acidente de Jules Bianchi No GP de Formula 1 em Suzuka, by motorsport.com

Acidente no GP Itália em 2000 que resultou na primeira morte de fiscais na F1 - by gps.gpexpert.com.br

Acidente entre Jaques Villeneuve e Ralf Schumacher em 2001, durante o GP da Austrália - by falandodecorrida.blogspot.com

Acidente com o fiscal após a corrida GP do Canadá em 2013 - by lancenet.com.br