VOLTA VIRTUAL POR DENTRO DO CAPACETE - BÉLGICA

Entrevista antes da volta:

(Portal Venus Sports*): - O que você sente ao pilotar em Spa?

(Piloto SPD): - Ahh sem dúvida é uma sensação única. Esse circuito é muito especial para mim, pois foi apartir daqui que comecei a ver Formula 1, embora eu sempre tenha assistido. Digo que, passei a assistir direto.... Este circuito é muito desafiador e quase todo mundo gosta de dirigir aqui.

(Super Premio - IP [Internet Paga]) - Por que você não se apresentou na Hungria?

(Piloto SPD): - Obviamente precisamos de um preparo específico para ir à pista. Não conseguimos e portanto optamos por não sair da garagem. Tudo no papel, daria certo, mas na prática todo o nosso carro está errado. Desde o menor dos parafusos

Coletiva após a volta...

(Rede Bobo - Mariana Baker): -Ficou feliz dessa vez com sua volta?

(Piloto SPD): - Ahh é óbvio que só ficamos contentes com uma coisa que dá certo. Até agora não conseguimos entender o que aconteceu. Estavamos muito rápidos nos treinos e tinhamos tudo para fazer uma volta excelente. Não conseguimos. É só lamento... e lamento.

(Portal UAL) - O que você acha que lhe atrapalhou?

(Piloto SPD): - Não sabemos, mas é obvio que aquelas zebras atrapalharam. O circuito tem uma área de escape excelente, mas as zebras são muito altas. Nos treinos faziamos tempos na casa de 1:46 e sabiamos que poderiamos diminuir facilmente este tempo. No fim das contas ao invés de diminuir de um a meio segundo, fomos um segundo mais lento!

(Rede Bonde - Olices Frentes): - Todos os pilotos gostam de correr neste circuito e uma das maiores emoções é acelerar na Eao Rouge, né piloto SPD. Muitos se arriscam e fazem de pé cravado esta curva. A minha pergunta é o seguinte: O que você sentiu ao subir a curva Eao Rouge de "pé em baixo" e se você subiu a curva de "pé em baixo".

(Piloto SPD): - Ahh é sem dúvida o meu pé é em baixo. Mas sobre a sua pergunta é sem dúvida uma curva emocionante. Você contorna boa parte dela com a aceleração no máximo, mas a própria subida corta um pouco da sua velocidade e no miolo dela, é impossível manter você manter o acelerador cravado. Se você fizer isso, você vai bater provavelmente no final dela. O seu carro perde toda tração. Outro problema que você encontra é que seu carro provavelmente raspa no chão neste trecho e momentamente as rodas perdem um pouco de contato com o solo. Por isso essa curva é tão perigosa e desafiadora.

*Os nomes foram mudados