Michael Schumacher, piloto de Formula 1, e Felipão, o que tem em comum? - by br.esporteinterativo.yahoo.com by jornaldooeste.com.br

FELIPÃO E MICHAEL SCHUMACHER – O QUE ELES TÊM EM COMUM?

Oi eu sou o Danilo!

Hoje resolvi criar mais um emocionante post relacionando Formula 1 e Futebol. Como todo bom piloto atrasado que só fica atrás do grid, só tive essas ideias de relacionar a F1 com o futebol, meio tarde. Mas fazer o que, tem que ter fé né? =D

O Brasil inteiro vai parar para ler este espetacular artigo! Não, o Brasil neste momento parou para acessar o site e ler este artigo!! (Até parece né? hehe)!

Mas falando o que interessa, vendo os críticos e outros especialistas falando sobre o fracasso da seleção de futebol do Brasil e especialmente do ex-técnico, o Felipão, me lembrei de algo que me lembrou muito o Michael Schumacher.

Além da descendência alemã e o “sotaque-the”, Felipão tem um currículo invejável com vários títulos nacionais, Libertadores, pentacampeão com a seleção do Brasil e vice-campeão com a seleção de Portugal.

Embora tenha sido apontado com o principal vilão do rebaixamento do Palmeiras para a segunda divisão em 2012, ele ainda era considerado um herói e um dos melhores técnicos da história pelo pentacampeonato em 2002. Contudo, a lavada que tomou da Alemanha na copa, além do mal desempenho dos jogos anteriores à semifinal, Felipão de herói se tornou o vilão e um carrasco nacional. Alguns até disseram que a coisa foi tão feia que, as pessoas dificilmente irão se lembrar de suas conquistas do passado.

E o que dizer do Michael Schumacher? Bem, Schumacher é o piloto que mais conquistou títulos e recordes da Formula 1. Ele conquistou nada menos que 7 títulos mundiais (Isso te lembra de algo? Hehehe, enfim...) e é considerado um dos melhores pilotos da história.

Mas seu retorno à Formula 1 em 2010 colocou tudo a perder! Durante as três temporadas que disputou após sua aposentadoria em 2006, Schumacher passou longe do que foi um dia. Era mais lento que Nico Rosberg, rodopiava demais, provocava acidentes e apenas conseguiu 1 pole e 1 pódio nesse tempo todo.

Esse desempenho bem abaixo do esperado fez todos seus números “zerassem” (por assim dizer) e, tanto ele como Felipão precisaram sair de fininho pela porta dos fundos sem qualquer tipo de honra.

Assim, ambos tiveram uma carreira invejável, porém tanto um como outro, ao voltar para suas funções, colocou tudo a perder. Ninguém vai esquecer do que fizeram no passado, mas sempre que tocarem no assunto, vão lembrar do desempenho pífio do retorno de Schumacher e de Felipão.

Se por acaso você gostou do texto que tal dar uma clicadinha no Curtir do Facebook e do G+ ? =D


Gostou da matéria? Ajude o site. Compartilhe já nas redes sociais abaixo :) :