Senna, ex-piloto de Formula 1 - by wtf1.co.uk

No artigo anterior analisei brevemente como poderia ter sido o resultado final das temporadas de 1994 e 1995 se Ayrton Senna não tivesse morrido naquele acidente em Imola.

Neste artigo vou analisar o que aconteceria de 1996 em diante. Para imaginar os campeonatos de 1996 e 1997 eu imaginei pelo menos 3 possiblidades:

1 – Senna na Ferrari e Schumacher na Benetton

Se fosse assim, acredito que Senna não teria carro suficiente para disputar contra a Williams. Suponhamos que a Williams mantivesse Damon Hill e contratasse o Villeneuve, assim como aconteceu de fato. A Williams em 1996 era muito superior, comparada a Ferrari. Não sei como a Benetton se comportaria se o Schumacher estivesse ainda por lá. Para piorar, Senna com 36 anos não seria mais aquele ultra piloto que foi.

Assim eu acho que nessa linha do tempo, ou linha de raciocínio, o Senna nessas condições não seria capaz de vencer Damon Hill em 1996.

Em 1997, com a Ferrari em melhores condições, Senna, agora com 37 anos, disputaria o título possivelmente contra Villeneuve. Senna poderia até vencer a Williams do canadense, mas talvez levasse o campeonato até a última corrida.

Com sua queda de rendimento ele pensaria muito se continuaria ou encerraria a sua carreira no final daquela temporada. A versão do carro da Ferrari de 1998 seria melhor que sua antecessora, mas as habilidades de Senna, com 38 anos, estão ficando cada vez mais longe do que foi um dia.

Se ele fosse campeão em 1997, la em Jerez, talvez ele pararia por aí. Daí sim, ele aposentando, pode ser que a Ferrari contratasse o Schumacher para ficar no lugar dele. A partir daí o Schumacher dominaria os anos 2000 como aconteceu, só que ao invés de parar em 2006 ele poderia ter encerrado em 2007. Eu acho que se ele não parasse em 2006, ele venceria aquele campeonato. Mesmo perdendo em 2006, tinha boas condições de ser campeão em 2007 e encerraria sua carreira no fim dessa temporada.

Portanto, se Senna parasse em 1997, conquistaria no máximo 5 ou 6 títulos, podendo superar Juan Manuel Fangio e Schumacher (querendo superar Senna) conquistaria entre 6 a 7 títulos.

2 – Senna na Ferrari e Schumacher na Williams

Senna, ex-piloto de Formula 1 - by static.derapate.it

Com a missão de reerguer a Ferrari, Senna seria contratado para o time de italiano a partir de 1996. Frank Williams que não é nada bobo, colocaria o Schumacher no seu lugar e Villeneuve completaria seu time.

Com o poder da Williams nas mãos de Schumacher e Villeneuve como escudeiro, dificilmente Schumacher não seria bicampeão em 1996 e tri em 1997. Novamente Senna não teria um carro bom suficiente para derrotar as Williams. E para piorar, suas habilidades estão enfraquecidas.

Mas com o Senna “furioso” querendo defender sua honra e seu título de mestre decide ficar até 1998 e disputa o título agora com Hakkinen da McLaren. Daí nesse caso, pode ser que Senna conquistaria o campeonato de 1998 e encerraria sua carreira no fim daquele ano.

Nesse cenário, Senna seria novamente no máximo campeão por 5x – 1988, 1990, 1991, 1995 e 1998.

A Ferrari tinha preferência de contratar Schumacher para a temporada de 1999, mas como não seria tão simples assim e a pedido de Senna, Rubens Barrichello seria seu sucessor e Schumacher apenas faria parte do time a partir de 2000.

Vai que com o Barrichello na Ferrari, sem o Schumacher, e com o apoio de Senna, ele não seria campeão pelo menos em 1999!* (Nota: Pode ser bizarra essa ideia, mas alguns documentos confidenciais que foram revelados recentemente, indicam o real interesse da Ferrari contratar Barrichello em 1996 mas o patrocinador preferiu Eddie Irvine e este foi o escolhido de 1996 a 1999).

De 2000 em diante Barrichello perderia espaço para o Schumacher. Nessa briga interna pode ser o Hakkinen fosse campeão em 2000 e Schumacher de 2001 a 2004 ou quem sabe o Barrichello fosse bicampeão em 2000 e Schumacher campeão nos anos posteriores.

Nesse cenário Schumacher poderia ser campeão no máximo 8x – 1994, 1996, 1997, 2000 (?), 2001 a 2004. Mas se fazer de conta que o Barrichello com moral na Ferrari fosse bicampeão, 1999 e 2000, Schumacher seria portanto, 7x campeão, aposentando ao final de 2006.

3 – Senna na Williams e Schumacher na Ferrari

Senna, ex-piloto de Formula 1 - by static.derapate.it

Neste cenário, Senna seria campeão mesmo em 1996. Hill seria demitido e Villeneuve seria o substituto.

Com a Ferrari em desenvolvimento, Senna seria campeão com relativa facilidade em 1996.

Conhecendo o Senna, não acho que ele iria permitir Villeneuve ter as mesmas condições que ele, então em 1997 ele disputaria com o Schumacher. Com a Ferrari melhor e, as habilidades de Senna em queda, ele venceria, mas com dificuldade. Talvez levaria a disputa até a última corrida.

Prevendo uma Williams precária em 1998, ele prefere parar com seus 6 títulos mundiais. A Ferrari não iria abrir mão de Schumacher e nem o Senna iria querer dividir equipe com ele. Por ter superado todos os recordes, ele encerraria a carreira no auge.

Schumacher seria campeão entre 2000 a 2004 da mesma forma. Perderia o título para o Alonso em 2005 e 2006. Caso ele fosse o campeão de 2006 e disputasse o título de 2007 e fosse também campeão e encerrasse ao final da temporada, ele seria campeão 6 ou 7 vezes.

Conclusão

Como eu quis tentar mostrar aqui, as variáveis são muitas. Se o Senna tivesse sobrevivido, pode ser que Senna teria 6, 7 até 8 títulos ou talvez não. Da mesma forma o Schumacher, poderia ter alcançado os 7 títulos ou talvez não.

Além disso muito provavelmente as coisas com Rubens Barrichello, Bruno Senna, Felipe Massa e outros poderiam ter sido bem diferentes.

Por outro lado, pode ser que outros pilotos tivessem morrido. Após a morte de Senna, houve uma evolução sem precedentes na área da segurança. Por exemplo, entre 1995 a 1999, aconteceram acidentes muito graves onde os pilotos só sobreviveram por causa desses avanços na segurança que passaram a ser implementados a partir da temporada de 1995, como por exemplo o grave acidente de Mika Hakkinen em Adelaide em 1995, Martin Brundle em 1996, Oliver Panis em 1997 e do próprio Schumacher em 1999.

Senna, ex-piloto de Formula 1 - by static.derapate.it

Assim, se Senna não tivesse morrido naquele 1 de maio de 1994, o mundo que conhecemos hoje seria bem diferente. Não dá para dizer ao certo como seria. A Formula 1 seria completamente diferente. E o que as pessoas fizeram ou deixaram de fazer naquele dia para acompanhar o estado de saúde dele e depois o velório e tudo mais, mudaria completamente o que conhecemos hoje como o presente.

Portanto, uma simples mudança no passado, não importa qual mudança for, quer seja a pessoa famosa, quer não, mudaria completamente os rumos do futuro! Coisa de doido, não?

Veja também a Parte 1 do artigo

O que achou dessa análise? Gostaria de ouvir sua opnião. Só não vai me xingar em?!





Gostou da matéria? Ajude o site. Compartilhe já nas redes sociais abaixo :) :