O Halo vai para o Ralo?

Oi! Eu sou o Danilo!

Essa semana o grande destaque da Formula 1 foi a regra que a FIA sancionou obrigando todos os carros a utilizarem uma proteção que foi chamada de Halo.

De acordo com o site oficial da F1, o Halo será implementado para “reduzir o risco de lesões por detritos ou outros objetos atingindo a cabeça do piloto”.

No entanto, a maioria dos especialistas e alguns ex-pilotos são contra a introdução desse dispositivo. Alguns alegam até mesmo que o Halo tornará um risco ainda maior de lesões graves em caso de uma batida e será mais difícil o piloto sair rapidamente do cockpit em uma emergência.

Particularmente eu acho muito esquisito a FIA ter aprovado o Halo, visto que a RedBull, a Williams e a própria Ferrari desenvolveram uma solução de proteção esteticamente muito mais bonito e à primeira vista muito mais eficaz.

Eu também acho que esse Halo vai acabar indo para o Ralo, isso é, eles não vão demorar muito para abolir o seu uso nos carros, assim como o vai e vem das barbatanas e muitos outros apetrechos.

Eu acho esse Halo parecido com aquelas sandálias havaianas e me lembra muito uma trave sem a rede. Não parece mesmo?

Na minha opinião, o Halo foi aprovado por pura politicagem. Acredito que alguém deve estar ganhando muito dinheiro com isso ou algum tipo de vantagem, aquelas coisas corriqueiras que vemos aqui no Brasil.

Obviamente, só a partir de 2018 quando eles começarem a usar, que vamos saber se valeu a pena ou não sua implementação. Assim precisamos esperar para ver no que isso vai dar, mas provavelmente não vai durar por muito tempo e, portanto, o Halo vai acabar indo para o Ralo! Legal né?