Renault deixará de fornecer motores à Fórmula 1

Notícias sobre Renault, fornecedora de motores na Formula 1 - foto by onlytruecars.com

Por: David Simples - Inglaterra

A Renault anunciou recentemente que deixará de fornecer motores às equipes da Fórmula 1 a partir do próximo ano.

Carlos Ghosn, presidente da Renault foi quem revelou esta noticia, no entanto a Renault poderá continuar na Fórmula 1, já que segundo Carlos Ghosn, a Renault poderá comprar a equipe Lotus.

Relembrar apenas que neste momento a Renault é fornecedora de motores da Toro Rosso e da Red Bull, contudo os resultados destas duas equipes no Mundial de Pilotos da Fórmula 1 em 2015 não tem sido os melhores, sendo que Red Bull e Toro Rosso já revelaram que estão á procura de um novo fornecedor de motores para os seus carros.

No Salão Automóvel que se realizou em Frankfurt, Carlos Gosh, em entrevista afirmou: "Já alertamos os organizadores da Fórmula 1 que não vamos continuar como fornecedores de motores. Ou saímos ou teremos a nossa própria equipe. Ainda não tomamos uma decisão".

O presidente da Renault garantiu ainda que os contratos com as equipes da Red Bull e Toro Rosso serão cumpridos, no entanto, os contratos poderão ser revistos até ao final da temporada, já que ambas as equipes não estão conseguindo ser competitivas com relação as outras equipes do Mundial de Fórmula 1.

Ghosn, acrescentou ainda que mesmo quando a equipe da Red Bull vencia os campeonatos, a parceria nao era muito vantajosa para a Renault já que a marca raramente era mencionada.

"Infelizmente, quando vencíamos campeonatos, o nome Renault nunca era mencionado. Então começamos a sentir que o retorno do investimento era muito fraco".

"Uma equipe tem de ganhar e perder em conjunto, não podemos ser criticados quando temos problemas e ser esquecidos quando vencemos. Não é uma questão de justiça, é uma questão esportiva", concluiu.

Caso tenha interesse em seguir noticias e resultados de f1 online, saiba que o poderá fazer em http://extra.bet365.com/news/pt/Desportos-Motorizados/Formula-1.

Após 13 corridas do Mundial de Fórmula 1 de 2015 a equipe Red Bull ocupa a 4º posição no Mundial de Construtores com 113 pontos, enquanto que a Toro Rosso ocupa a 7º posição com apenas 35 pontos.

Já no Mundial de Pilotos, Daniil Kvyat (Red Bull) ocupa a 7º posição com 58 pontos, Daniel Ricciardo (Red Bull) ocupa a 8º posição com 55 pontos, Max Verstappen (Toro Rosso) ocupa a 12º posição com 26 pontos e Carlos Sainz (Toro Rosso) ocupa a 16º posição com apenas nove pontos

A liderança do Mundial de Pilotos pertence neste momento pelo piloto britânico da Mercedes Lewis Hamilton que soma 252 pontos, na 2º posição está Nico Rosberg (Mercedes) com 199 pontos e em 3. lugar Sebastian Vettel (Ferrari) com 178 pontos.

O Mundial de Construtores é liderado pela equipe da Mercedes com 451 pontos, na 2º posição está a Ferrari com 270 pontos e em 3º lugar a Williams com 188 pontos.

A próxima etapa do Mundial de Fórmula 1 será realizado entre 25 e 27 de Setembro no Japão, Suzuka.


Gostou da matéria? Ajude o site. Compartilhe já nas redes sociais abaixo :) :