Foto do Circuito de Formula 1 dos México, Cidade do México - foto by gurusdeportivos.com

País sede da Formula 1

Grande Prêmio do México de Formula 1

FORMULA 1 GRAN PREMIO DE MÉXICO 2017

Mapa do circuito de Formula 1 do México, México City  foto by F1.com
Data da Corrida 29 de outubro
Nome do Circuito Autódromo Hermanos Rodriguez, México City
Ano que entrou no calendário da F1 1963
Quantidade de voltas 71
Extensão do circuito 4,304 km
Extensão da Corrida 305,354 km
Recorde da pista 1:18.785 - (2017) - Sebastian Vettel
Recorde de pole positions Jim Clark 4
Recorde de Pódios J. Brabham, H. Debby, Senna, Mansell, Patrese 4
Recorde de vitórias Jim Clark, Nigel Mansell 2
Recorde de pontos Lewis Hamilton 124
Recorde de voltas rápidas Jim Clark 4
Equipe que mais venceu Lotus, McLaren e Williams 3
Site Oficial: www.circuitoftheamericas.com
Pos. Piloto Equipe
1 País Representante na Formula 1 Max Verstappen Red Bull Racing
2 País Representante na Formula 1 Valtteri Bottas Mercedes
3 País Representante na Formula 1 Kimi Raikkonen Ferrari
4 País Representante na Formula 1 Sebastian Vettel Ferrari
5 País Representante na Formula 1 Esteban Ocon Force India
6 País Representante na Formula 1 Lance Stroll Williams
7 País Representante na Formula 1 Sérgio Perez Force India
8 País Representante na Formula 1 Kevin Magnussen Haas
9 País Representante na Formula 1 Lewis Hamilton Mercedes
10 País Representante na Formula 1 Fernando Alonso McLaren
11 País Representante na Formula 1 Felipe Massa Williams
12 País Representante na Formula 1 Stoffel Vandoorne McLaren
13 País Representante na Formula 1 Pierre Gasly Scuderia Toro Rosso
14 País Representante na Formula 1 Romain Grosjean Haas

Carlos Sainz (Toro Rosso),
Marcus Ericsson (Sauber),
B. Hartley (Toro Rosso),
Nico Hulkenberg (Renault),
Daniel Ricciardo (Red Bull).

Ano Piloto Equipe Volta
1963 País que representa o piloto Jim Clark Lotus 65
1964 País que representa o piloto Dan Gurney Brabham 65
1965 País que representa o piloto Richie Ginther Honda 65
1966 País que representa o piloto John Surtees Cooper 65
1967 País que representa o piloto Jim Clark Lotus 65
1968 País que representa o piloto Graham Hill Lotus 65
1969 País que representa o piloto Denny Hulme McLaren 65
1970 País que representa o piloto Jacky Ickx Ferrari 65
1986 País que representa o piloto Gehard Berger Benetton 68
1987 País que representa o piloto Nigel Mansell Williams 63
1988 País que representa o piloto Alain Prost McLaren 67
1989 País que representa o piloto Ayrton Senna McLaren 69
1990 País que representa o piloto Alain Prost Ferrari 69
1991 País que representa o piloto Riccardo Patrese Williams 67
1992 País que representa o piloto Nigel Mansell Williams 69
2015 País que representa o piloto Lewis Hamilton Mercedes 65
2016 País que representa o piloto Nico Rosberg Mercedes 65
2017 País que representa o piloto Max Verstappen Red Bull Racing 53

Próxima Corrida

GP de Abu Dhabi, 24 de Novembro de 2017

1º Treinos Livres - Sexta-Feira - 7 h Sportv - Emissora que irá apresentar o GP de Abu Dhabi de F1
2º Treinos Livres - Sexta-Feira - 11 h Sportv - Emissora que irá apresentar o GP de Abu Dhabi de F1
3º Treinos Livres - Sábado - 8 h Sportv - Emissora que irá apresentar o GP de Abu Dhabi de F1
Classificação - Sábado - 11 h Sportv - Emissora que irá apresentar o GP de Abu Dhabi
Corrida - Domingo - 11 h Globo - Emissora que irá apresentar o GP de Abu Dhabi

Resultado da Última Corrida
GP do Brasil

12 de Novembro de 2017

Pos. Piloto Equipe
1 País Representante na Formula 1 Sebastian Vettel Ferrari
2 País Representante na Formula 1 Valtteri Bottas Mercedes
3 País Representante na Formula 1 Kimi Raikkonen Ferrari
4 País Representante na Formula 1 Lewis Hamilton Mercedes
5 País Representante na Formula 1 Max Verstappen Red Bull Racing

Ver Resultado Completo

Histórico do GP do México, México City

A primeira edição do Grande Prêmio do México foi realizada em 1962 como uma prova não-oficial. O primeiro lugar foi compartilhado pela dupla da Lotus, Trevor Taylor e Jim Clark, com Jack Brabham em segundo e Innes Ireland em terceiro. Esse evento foi, infelizmente, marcado pela morte precoce do piloto mexicano Ricardo Rodríguez, de 20 anos, durante o primeiro treino livre. Um acidente causado por uma falha na suspensão tirava a vida do mais jovem piloto até então a largar em 2º lugar, na primeira fila, (19 anos e 208 dias, Grande Prêmio da Itália de 1961), um recorde que só seria quebrado quase 55 anos depois, em 2016, na Bélgica, pelo jovem prodígio Max Verstappen. Como homenagem, o autódromo onde ocorreu a edição, antes chamado Magdalena Mixhuca, passou a se chamar Autódromo Ricardo Rodríguez.

O sucesso da corrida no México tornou o grande prêmio uma etapa oficial do calendário da Fórmula 1. Porém, entre 1971 e 1985, a prova não foi realizada devido a análises que apontavam alta periculosidade no autódromo. Em 1971, o irmão de Ricardo, Pedro Rodríguez, foi vítima de um acidente fatal aos 31 anos na Interseries, no circuito de Norisring, Alemanha. O mexicano foi atingido por Kurt Hild, lançado contra o muro e seu carro se incendiou. Dois anos depois, o palco dos eventos automobilísticos no México foi renomeado Autódromo Hermanos Rodríguez, em homenagem a Pedro e Ricardo.

A prova retornou à competição em 1986, com uma vitória de Gerhard Berger, Alain Prost em segundo e Ayrton Senna em terceiro. Nessa corrida, Senna foi o pole position. O brasileiro teve sua única vitória mexicana em 1989, no qual também foi pole, dividindo o pódio com Riccardo Patrese e Michele Alboreto. Senna é o único brasileiro até agora a vencer o Grande Prêmio do México.

Entre 1993 e 2014, devido a questões financeiras, a prova não foi realizada. Especulava-se sobre a construção de um autódromo em Cancún, e Bernie Ecclestone chegou a afirmar que ela voltaria em 2009, no entanto nada foi realizado. Apenas em 2011, impulsionada pelo bilionário mexicano Carlos Slim Domit (empresário de Sergio Pérez), a corrida no México voltou a ser cogitada para a Fórmula 1. Discussões ao longo de 2013 foram feitas até Ecclestone anunciar a volta em 2015 e uma renovação de 5 anos com o Autódromo Hermanos Rodríguez. Nico Rosberg venceu em 2015 e Lewis Hamilton em 2016, ambos da Mercedes.

A trágica história por trás do nome do autódromo contrasta com a atmosfera de festa que os torcedores criam para a prova. Construído no Parque Olímpico Magdalena Mixhuca, o Hermanos Rodríguez possui uma estrutura única, incluindo um estádio para os torcedores, e é o circuito mais alto da Fórmula 1 (2.229 m acima do nível do mar).

O último Grande Prêmio de Fórmula 1 no país foi em 22 de Março de 1992. Nigel Mansell foi o vencedor. Riccardo Patrese (Williams) e Michael Schumacher (Benetton) completaram o pódio. Ayrton não completou a prova com problemas no câmbio. Depois de muita espera o histórico circuito Hermanos Rodrigues voltou para o calendário em 2015 com algumas pequenas modificações em seu traçado.

Embora a edição de 2015 não agradou muito o público em geral, este evento foi o que mais lotus as arquibancadas nesta temporada.

Para mais informações sobre ingressos, circuito, entre outras, consulte o site oficial da Formula 1. Você pode consultar também o site oficial do GP do México.

Assista também nossa volta virtual no circuito Hermanos Rodriguez.

Agradecimentos Especiais pelo texto de Rebeca Pinheiro